Serviço foi lançado em parceria com Wise e estará disponível inicialmente para clientes Ultravioleta; Nubank passa a concorrer com Nomad, Revolut e outros

O Nubank anunciou sua conta global, uma boa novidade para quem costuma fazer viagens internacionais. Esse tipo de serviço ajuda a economizar no câmbio e IOF, e conta com cartão de débito para saques e compras. Como benefício, os clientes terão eSIM grátis para usar internet móvel no exterior sem depender de tarifas de roaming.

A conta internacional do Nubank estará disponível inicialmente para clientes com o cartão de crédito Ultravioleta. Os usuários poderão garantir acesso antecipado dentro do aplicativo, na área exclusiva para os clientes de alta renda.

Na conta global do Nubank será possível ter saldo em dólar ou euro, embora o cartão de débito permita saques e compras em mais de 200 países. O serviço foi lançado em parceria com a Wise, que possui conta global própria.

De acordo com a instituição financeira, a conta global terá taxa de câmbio de 0,9%. Além disso, o cliente deverá pagar pelo IOF de câmbio com alíquota de 1,1%. Isso pode trazer uma boa economia ao comparar com o spread e impostos de cartão de crédito — o Nubank afirma que a diferença pode chegar a até 9%.

Um dos benefícios interessantes da conta global do Nubank é o eSIM para uso em viagens internacionais. Será possível emitir o chip virtual uma vez por ano, com direito a 10 GB de internet válidos durante 30 dias com cobertura em “mais de 40 países”.

Ao menos para clientes Ultravioleta, o Nubank não cobrará taxa de manutenção, abertura ou emissão do cartão de crédito. A fintech não informou planos e tarifas para clientes que não estão na segmentação. Para ser cliente Ultravioleta é necessário pagar uma mensalidade de R$ 49; é possível zerar a taxa ao atingir R$ 5 mil por mês na fatura do cartão de crédito ou manter pelo menos R$ 50 mil investidos na NuInvest.

Mercado de contas internacionais possui ampla concorrência

Ainda que seja uma boa novidade, a conta global do Nubank não é exatamente inovadora, uma vez que serviços similares são oferecidos por outras fintechs e até mesmo bancos tradicionais.

Cartões físicos das contas internacionais Wise, Banco Inter Global, Avenue e BS2 Go
Mercado de contas globais possui ampla concorrência (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

Uma das contas mais populares é o Wise, que é a parceira do Nubank para o novo produto. O serviço é gratuito, mas exige um depósito de R$ 100 para ter o cartão físico. É possível ter saldo em mais de 40 moedas diferentes, incluindo dólar e euro.

A Nomad também é uma referência quando se trata de contas internacionais, e não cobra taxas de abertura ou manutenção. Com saldo apenas em dólar, a fintech inclui cartão de débito para compras e saques em mais de 180 países, e também permite investir em renda fixa, ações e fundos do mercado americano.

Os brasileiros também têm à disposição contas internacionais de outras instituições financeiras, como Avenue (parceira do Itaú), Banco Inter, BB Americas (Banco do Brasil), C6 Bank, Go Multi (antigo Banco BS2), My Account Bradesco, Santander Select Global e Revolut.

Fonte: Tecnoblog